A, B, C, D… com qual time os Estados Unidos chegam à China para o Mundial?

Mesmo com um time D, Estados Unidos ainda são favoritos na China (Foto: Divulgação/USA Basketball)
Mesmo com um time D, Estados Unidos ainda são favoritos na China (Foto: Divulgação/USA Basketball)

Sempre que os Estados Unidos preparam um time para a disputa de qualquer competição de basquete, logo se pensa em favoritismo imediato e sobre quais astros da NBA poderão ser vistos pelos fãs do “mundo FIBA”. Acontece que, desta vez, as principais estrelas não estarão no Mundial da China, torneio que tem início no sábado.

O técnico Gregg Popovich, que comandará a Seleção Estadunidense em um torneio pela primeira vez, sofreu com cortes desde que anunciou uma “pré-lista” de peso para o Mundial deste ano e para as Olimpíadas de 2020, em Tóquio, no Japão. Entretanto, dessa relação de 35 nomes (veja ao fim da matéria), divulgada em 6 de abril de 2018, somente quatro vão à China.

O armador Kemba Walker, os alas Khris Middleton e Harrison Barnes e o pivô Myles Turner são os atletas que restaram para a lista final de 12 jogadores. Nesta quarta-feira, os americanos realizaram o último treino antes de embarcar para a China e, diante disso, o Basquete Todo Dia tentará desvendar: qual time dos Estados Unidos é esse: A, B, C, D, E?

A conta é simples: se Popovich selecionou os 35 melhores jogadores e somente quatro estão na equipe do Mundial, pode-se ver que, no mínimo, um time C para D (mais para D, é verdade). E o Basquete Todo Dia acredita que este seja o nível da equipe que vai à China.

Isso porque, depois da debandada das estrelas que estavam na lista inicial de 35 nomes, o nível técnico não teve tanta disparidade. Os camps da Seleção Estadunidense, que tiveram início em agosto, chegaram a contar com mais atletas, que foram desistindo de defender a equipe na China, seja pelo objetivo de se preparar para a próxima temporada da NBA ou por lesão durante a preparação.

E mesmo nos treinos preparatórios, os Estados Unidos deram um susto. Em um coletivo, a equipe foi derrotada por um combinado de atletas da G-League, a liga de desenvolvimento da NBA. Nos amistosos internacionais preparatórios, mais susto.

Depois de vitória sobre Espanha (90 a 81), e Austrália (102 a 86), os norte-americanos foram batidos pela própria Seleção Australiana por 98 a 94. A ronda de jogos antes do Mundial tiveram fim com um triunfo sobre o Canadá (84 a 68).

Kemba Walker é considerado um dos melhores jogadores desta seleção (Foto: Divulgação/USA Baskteball)
Kemba Walker é considerado um dos melhores jogadores desta seleção (Foto: Divulgação/USA Baskteball)

Outras seleções, como França, Grécia, Espanha e Sérvia, convocaram estrelas da NBA com até maior impacto que os nomes da Seleção Estadunidense, como Rudy Gobert, Giannis Antetokounmpo, Marc Gasol e Nikola Jokic. Será que eles conseguem parar a agora jovem e ainda boa equipe dos Estados Unidos, invictos em competições de alto nível FIBA desde 2008?

Os Estados Unidos estão no Grupo E do Mundial. A estreia no torneio será no domingo, contra a Tchéquia. Japão e Turquia compõem a chave. Na segunda fase, o cruzamento se dará com o grupo de Grécia, Brasil, Montenegro e Nova Zelândia.

Veja a lista final dos Estados Unidos para o Mundial da China:

Armadores:

Kemba Walker (Boston Celtics)

Derrick White (San Antonio Spurs)

Alas-armadores:

Donovan Mitchell (Utah Jazz)

Joe Harris (Brooklyn Nets)

Jaylen Brown (Boston Celtics)

Alas:

Marcus Smart (Boston Celtics)

Harrison Barnes (Sacramento Kings)

Khris Middleton (Milwaulkee Bucks)

Ala-pivô:

Jayson Tatum (Boston Celtics)

Pivôs:

Brook Lopez (Milwaukee Bucks)

Myles Turner (Indiana Pacers)

Mason Plumlee (Denver Nuggets)

Pré-lista para Mundial e Olimpíadas, divulgada em abril de 2018:

Armadores:

Stephen Curry (Golden State Warriors)

Kyrie Irving (Brooklyn Nets)

Damian Lillard (Portland Trail Blazers)

Russell Westbrook (Houston Rockets)

Kyle Lowry (Toronto Raptors)

Chris Paul (Oklahoma City Thunder)

Kemba Walker (Boston Celtics)

John Wall (Washington Wizards)

Mike Conley (Utah Jazz)

Isaiah Thomas (Washington Wizards)

Alas-armadores:

James Harden (Houston Rockets)

Klay Thompson (Golden State Warriors)

DeMar DeRozan (San Antonio Spurs)

Jimmy Butler (Miami Heat)

Victor Oladipo (Indiana Pacers)

CJ McCollum (Portland Trail Blazers)

Bradley Beal (Washington Wizards)

Devin Booker (Phoenix Suns)

Alas:

LeBron James (Los Angeles Lakers)

Kevin Durant (Brooklyn Nets)

Kawhi Leonard (Los Angeles Clippers)

Paul George (Los Angeles Clippers)

Khris Middleton (Milwaukee Bucks)

Eric Gordon (Houston Rockets)

Gordon Hayward (Boston Celtics)

Harrison Barnes (Sacramento Kings)

Alas-pivôs:

Blake Griffin (Detroit Pistons)

Tobias Harris (Philadelphia 76ers)

Kevin Love (Cleveland Cavaliers)

Draymond Green (Golden State Warriors)

Pivôs:

Anthony Davis (Los Angeles Lakers)

DeMarcus Cousins (Los Angeles Lakers)

DeAndre Jordan (Los Angeles Clippers)

Andre Drummond (Detroit Pistons)

Myles Turner (Indiana Pacers)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *