Desfalque no Mundial, Raulzinho acredita em boa campanha da Seleção Brasileira: ‘Tem tudo para chegar longe’

Raulzinho realizou atividades na Caldense na última semana (Foto: Divulgação/Caldense)
Raulzinho realizou atividades na Caldense na última semana (Foto: Divulgação/Caldense)

Fora do Mundial da China por conta de uma lesão no tornozelo esquerdo sofrida no fim da última temporada, em ação pelo Utah Jazz, o armador Raulzinho confia em um bom trabalho da Seleção Brasileira no torneio. Ao Basquete Todo Dia, o camisa 19 do Philadelphia 76ers falou também sobre a expectativa de atuar em uma nova equipe na NBA e de retornar à Caldense para realizar alguns treinos.

O técnico Aleksandar Petrovic convocaria Raulzinho para a Copa do Mundo da China, Entretanto, teve de desistir da ideia ao saber da situação física do armador. Com isso, Marcelinho Huertas, Rafa Luz e Yago serão os bases brasileiros no Mundial. O armador do Sixers espera que o Brasil chegue longe no torneio.

“Infelizmente, pela minha lesão da temporada passada, não pude participar do Mundial, estar com a seleção. Mas mando minhas energias positivas. Acho que o Brasil fez uma ótima preparação, ótimos jogos, e tem tudo para chegar longe. Estarei na torcida, infelizmente não vou poder estar lá, mas estou desejando o melhor para a Seleção Brasileira”.

O Brasil está no Grupo F do Mundial e estreia no torneio neste domingo, às 5h, contra a Nova Zelândia. Grécia e Montenegro completam a chave. Duas dessas seleções avançam para a segunda fase.

Raul Neto atuou em 37 partidas na temporada 2018/2019 (Foto: Divulgação/NBA)
Raul Neto atuou em 37 partidas na temporada 2018/2019 (Foto: Divulgação/NBA)

Raulzinho vestirá uma nova camisa na NBA depois de quatro anos pelo Utah Jazz. Agora como jogador do Philadelphia 76ers, o armador se diz animado para estrear e acredita que pode ter um melhor desempenho do que na última temporada pelo Jazz, quando sofreu com lesões.

“Minha expectativa para a próxima temporada é melhor. Treinei bastante nessas férias, fiz bastante trabalho para meu corpo, bastante trabalho em quadra, então estou bem confiante, bem animado. É uma nova oportunidade com um time que eu ainda não joguei, no time novo do Philadelphia, e estou bem animado”. Raulzinho, de 27 anos, disputará posição com Ben Simmons, Tray Burke e Matisse Thybulle.

De férias da NBA, Raulzinho realiza trabalhos específicos já de olho na próxima temporada. Na última semana, ele fez trabalhos na Caldense, onde começou a praticar basquete por incentivo do pai. O armador, natural da capital mineira Belo Horizonte, comentou como foi retornar a Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais.

“Treinar na Caldense é sempre muito legal para mim. Traz boas recordações, foi onde eu comecei a jogar, onde tudo começou. Agora eles fizeram uma reforma na quadra, uma quadra muito melhor do que a quadra que tinha na época que eu jogava. Sempre bom ter um espaço para eu poder me manter em forma e treinar durante minhas férias no Brasil”. Raulzinho também passou pelas bases de Bauru e Minas, onde se consolidou e deu início à carreira profissional, em 2008.

Quadra da Caldense tem homenagens a Raulzinho (Foto: Divulgação/Caldense)
Quadra da Caldense tem homenagens a Raulzinho (Foto: Divulgação/Caldense)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *