Gui Deodato elogia elenco do Minas e mostra consciência da função na equipe

O ala Gui Deodato, de 28 anos, foi o quarto nome confirmado do Minas para a temporada 2019/2020. O jogador, que estava no Mogi em 2018/2019, falou com exclusividade ao Basquete Todo Dia sobre o novo período da carreira, agora em Belo Horizonte, além da montagem do elenco minas-tenista e da expectativa para o próximo NBB.

A princípio, Gui Deodato brigará diretamente por posição com o veterano e colega dos tempos de Bauru Alex Garcia, de 39 anos, também cara nova no clube da Rua da Bahia. Apesar dessa concorrência, o ala ex-Mogi vê de outra forma.

“Vejo essas situações de uma outra maneira. Óbvio que todos querem jogar, e o Leo (Costa) ainda vai dar essa cara ao time, mas chego para ajudar esses grandes jogadores. Ajudar o Alex, parceiro, o Leandrinho, onde também posso fazer a posição dois. Esses jogadores são acima da média e precisam de apoio em rotação. Já sou maduro para saber o que tenho que fazer, e farei de tudo em prol do time”.

Treinos no início da pré-temporada do Minas contam com três atletas: um deles é Gui Deodato (Foto: Matheus Muratori/Basquete Todo Dia)
Treinos no início da pré-temporada do Minas contam com três atletas: um deles é Gui Deodato (Foto: Matheus Muratori/Basquete Todo Dia)

Gui Deodato, campeão da temporada 2016/2017 do NBB com o Bauru, vem de uma temporada boa em quadra com o Mogi, mas com situações ruins fora dela. Uma lesão no joelho direito interrompeu uma boa sequência do camisa 1, que teve médias de 13,2 pontos com 30 jogos no último NBB.

“Tive uma temporada boa no Mogi, principalmente depois de problemas no Vasco. Chegamos bem no NBB e talvez desse para chegar mais longe em Paulista, (Copa) Super 8 e Liga das Américas, mas acontece. Eu, infelizmente, sofri com lesões no joelho direito, mas acho que isso não diminui a boa temporada que tive lá. Só tenho a agradecer a todos”.

Gui Deodato também comentou da chegada ao Minas e sintetizou os motivos que levaram ele a aceitar a proposta: o clube e o projeto.

“Fiquei muito feliz com a procura do Minas e logo já me interessei. Primeiro, porque é um clube respeitoso, que todos dizem que honra os compromissos, além da grande estrutura. Também tem a ambição do projeto. Eu não estava querendo cair em um time de reestruturação ou coisa do tipo, e o Minas oferece outra coisa. Sonha alto, com excelentes reforços, e quero seguir brigando por coisas grandes. A nossa temporada promete”.

Gui Deodato está otimista para a temporada 2019/2020 do Minas (Foto; Matheus Muratori/Basquete Todo Dia)
Gui Deodato está otimista para a temporada 2019/2020 do Minas (Foto; Matheus Muratori/Basquete Todo Dia)

Por fim, Gui Deodato analisou o trabalho do novo técnico minas-tenista, Leo Costa. O treinador trabalhou nesses primeiros dias de pré-temporada somente com o armador Davi Rossetto, o próprio Gui e o pivô Shilton. Os estadunidenses Farad Cobb (armador), Tyronne Curnell (ala-pivô) e Devon Scott (pivô) aguardam liberação para trabalhar no Brasil, enquanto Leandrinho e Alex servem à seleção no Mundial da China.

“É difícil falar muito do Leo agora, pois ainda não começamos a treinar com o elenco completo. Mas já se percebe uma boa interação, o bom método de trabalho. O fato de ele reunir nós três aqui e passar circuitos, atividades, nos incentivar, isso é ótimo. Estou otimista. Estamos trabalhando duro para poder conseguir alçar os melhores voos”.

Nesta temporada, a princípio, o Minas disputará dois torneios a princípio: o Campeonato Mineiro, que deve ter início ainda neste mês; e o NBB, que começará em outubro e deve ter fim somente em junho de 2020. A equipe estuda o agendamento de jogos amistosos preparatórios para o campeonato nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *