A importância do retorno da NBA à TV aberta

Brooklyn Nets adquiriu o ala Kevin Durant para a temporada 2019/2020 (Divulgação/Brooklyn Nets)
Brooklyn Nets adquiriu o ala Kevin Durant para a temporada 2019/2020 (Divulgação/Brooklyn Nets)

Uma notícia divulgada nessa quinta-feira movimentou os grupos de basquete na internet e também as redes sociais. Segundo a Coluna do Flávio Ricco, do Uol, a Band transmitirá a temporada 2019/2020 da NBA. Já o podcast Café Belgrado afirma que as negociações caminham para duas partidas por semana, sendo uma na quinta-feira e outra no domingo. A liga não comenta o assunto. Caso a situação se concretize, toda comunidade basqueteira ganha, mas não somente ela.

A NBA teve um grande espaço nas décadas de 80 e 90 na TV aberta, também na Band, o que ajudou a manter o basquete em evidência no país. Nos anos 2000, os canais por assinatura SporTV e ESPN, esta em um plano mais caro do que a concorrente, dominaram a transmissão da liga.

Junto da ascensão do vôlei, que desde os anos 1990 tem partidas transmitidas em TV aberta, o basquete ficou escanteado e, de certo modo, elitizado. Segundo dados da Associação Brasileira de Televisão por Assinatura, somente a partir de 2011 que mais de dez milhões de pessoas tinham TV fechada em casa. A situação se mantém até hoje.

Neste ano, os números mostram que 16.8 milhões de brasileiros têm TV por assinatura em casa. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 2018, de um total 69,3 milhões de domicílios particulares permanentes no Brasil, somente 1,9 milhão não tem televisão em casa.

O público do basquete é, indiscutivelmente, de nicho. Com isso, a transmissão do melhor basquete do mundo em TV aberta por uma temporada completa seria importante para tentar voltar a massificar o esporte. Vale lembrar que a Band transmitiu as finais da última temporada da NBA, o que representou um crescimento de 114% do canal no horário das partidas entre Golden State Warriors e Toronto Raptors.

A temporada 2019/2020 da NBA tem início em 22 de outubro, com dois jogos. Às 21h (de Brasília), o atual campeão Toronto Raptors recebe o New Orleans Pelicans. Já às 23h30, Los Angeles Clippers e Los Angeles Lakers se enfrentam.

Band também ganha

A Band também vai se consolidando como o canal do basquete no Brasil, isso porque o canal transmite o NBB aos sábados. A emissora está confirmada na transmissão da temporada 2019/2020 do torneio nacional.

3 comentários em “A importância do retorno da NBA à TV aberta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *