Leandrinho coloca preparação física como ponto chave para explicar melhor temporada desde retorno ao Brasil

Leandrinho está na melhor temporada desde retorno definitivo ao Brasil (Foto: Orlando Bento/Minas)
Leandrinho está na melhor temporada desde retorno definitivo ao Brasil (Foto: Orlando Bento/Minas)

Foram quase 14 anos atuando na NBA (e duas passagens emergenciais pelo Brasil) até o ala-armador Leandrinho retornar ao país em definitivo para jogar em solo nacional. O experiente jogador, de 37 anos, está na melhor fase desde esse regresso, em dezembro de 2017. Na segunda temporada como atleta do Minas, ele explicou alguns motivos para o bom momento.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN E ASSISTIR AOS JOGOS DO NBB, DA EUROLIGA E DA CHAMPIONS LEAGUE AMÉRICAS

“Estou em uma forma física diferenciada das últimas temporadas no Brasil. Desde meu retorno, é a primeira vez que começo uma temporada com o time, e isso faz muita diferença. Tive o privilégio de começar assim, e vinha de uma excelente preparação com a seleção no Mundial, isso ajuda também. Não fico surpreso com o desempenho, tanto eu quanto o Alex nos preparamos muito. O Paulo (Alberto), nosso preparador físico, foca muito no trabalho mais ‘especial’ com esses atletas, pois já atingimos um nível em que devemos nos preocupar até mais com o físico do que com o dentro de quadra”, disse, ao Basquete Todo Dia.

Leandrinho atuou da metade para o fim das temporadas 2017/2018 por Franca (dezembro de 2017 a abril de 2018) e 2018/2019 pelo Minas (janeiro de 2019 em diante), onde permaneceu. O ala-armador é melhor em todos os quesitos na atual temporada do que na última ou no período como francano, com médias de 19,8 pontos por jogo, 4,8 rebotes e 4,6 assistências.

Retorno ao time

Leandrinho desfalcou o Minas nos últimos dois jogos (vitórias sobre Corinthians e Brasília, em Belo Horizonte, pelo NBB) por conta de dores na lombar. Para a próxima partida, no sábado, às 12h45, contra o São Paulo, na capital paulista, em jogo único das quartas de final da Copa Super 8, o jogador pode retornar. O camisa 19 não garante presença, mas comentou sobre o confronto contra o Tricolor.

“Não sei minha disponibilidade para o jogo contra o São Paulo, ainda está a critério da comissão. Mas já ganhamos lá pelo NBB nesta temporada , fomos lá dentro, ginásio lotado, e ganhamos. Jogaremos de igual para igual, todos os jogos serão assim, ainda mais nesse formato perigoso de copa”, comentou.

Leandrinho também falou sobre o período fora de ação. Ele disputou 12 das 15 partidas na temporada, sendo que as dores nas costas foram o fator crucial para a ausência nos três embates.

“Estão me segurando, acho que é por uma boa causa, um bom motivo. A gente tem um campeonato longo, e está terminando esse tempo fora. O time está fazendo uma boa participação e isso só prevalece nosso resultado. Fico muito feliz, em nenhum momento fiquei preocupado de como seria ou como ficaria a equipe. O time é um timaço, temos bons jogadores que na hora do pau, da pressão, estão ali, e é o que está acontecendo. Estou fora, mas eles parecem que estão jogando junto comigo. Estou muito feliz”.

Foco no NBB

Mesmo com o Super 8 batendo à porta, Leandrinho ressaltou o foco no NBB e disse que a equipe trabalha para chegar bem à fase decisiva da liga nacional. “A minha preocupação é lógico que é o NBB, vamos jogar o Super 8, que é bem importante também, mas o NBB é o nosso campeonato. O time está começando a jogar da forma que a gente espera, todos fazendo um pouquinho, e é buscar esse resultado positivo. Queremos chegar bem para a fase decisiva e trabalhamos para isso”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *