Convocado para a Seleção Brasileira, jovem do Minas celebra chance e comenta estilo de jogo

Gui Carvalho é um dos destaques da base do Minas e é tratado com cautela pelo clube (Foto: João Neto/LNB)
Gui Carvalho é um dos destaques da base do Minas e é tratado com cautela pelo clube (Foto: João Neto/LNB)

O armador Gui Carvalho, do Minas, celebrou a convocação para a Seleção Brasileira visando à disputa da primeira janela das Eliminatórias para a Copa América de 2021. Em entrevista ao Basquete Todo Dia, o jovem de 17 anos falou sobre a convocação, oportunidades como profissional e também como prefere atuar.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN E ASSISTIR AOS JOGOS DO NBB, DA EUROLIGA E DA CHAMPIONS LEAGUE AMÉRICAS

O técnico da seleção, o croata Aleksandar Petrovic, convocou 14 atletas para dois jogos contra o Uruguai, em 21 de fevereiro como mandante e em 24 do mesmo mês como visitante, pela 1ª semana do Grupo B das Eliminatórias. Panamá e Paraguai compõem a chave, que levará os três melhores para o torneio continental do próximo ano. Gui, que não deve ter muita minutagem, espera aprender com o período na equipe nacional.

“Apesar de ter jogado poucos minutos como profissional, essa convocação vai me ajudar muito. Porque, querendo ou não, vou pegar mais experiência, entender mais do jogo, e, com isso, quando eu tiver mais oportunidades no profissional, já vou estar mais preparado, mais certo do que tem que ser feito. Achei bem da hora essa convocação”, disse.

Gui Carvalho é um dos destaques da base do Minas e é tratado com zelo pelo clube. O jogador faz parte da equipe adulta desde a temporada passada e atuou somente em sete partidas como profissional, sendo três pelo Campeonato Mineiro de 2018, três no NBB da última temporada e uma neste NBB. No torneio nacional, ele tem 5,9 minutos em quadra na carreira.

O jogador se considera pronto para atuar entre os profissionais, mas ainda acha importante uma rodagem na base. “Acho que essa rodagem na base ainda é necessária. Apesar de já estar no adulto, é necessária. Eu me considero pronto para ter uma oportunidade e mostrar o que eu posso fazer”.

Gui Carvalho tem 1,97m e pode atuar em várias posições, desde armador a ala-pivô. O camisa 11 finalizou dizendo que prefere atuar na armação. “Consigo jogar em posições diversas, mas a posição que eu prefiro é jogar de armador ou ala-armador. Gosto do estilo de jogo finalizador, mais agressivo, que gosta de ir bastante para a cesta”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *