Didi pede dispensa da Seleção Brasileira para jogos contra o Uruguai

Didi se recuperou de lesão recentemente, mas a CBB informou que a dispensa não foi motivada pelo problema físico (Foto: Divulgação/Sydney Kings)
Didi se recuperou de lesão recentemente, mas a CBB informou que a dispensa não foi motivada pelo problema físico (Foto: Divulgação/Sydney Kings)

O ala Didi, do Sydney Kings, da Austrália, pediu dispensa da Seleção Brasileira. Ele foi convocado para as duas partidas contra contra o Uruguai, em 21 de fevereiro como mandante (em São José dos Pinhais) e em 24 do mesmo mês como visitante (em Montevidéu), pela primeira semana do Grupo B das Eliminatórias para a Copa América de 2021. Esta é a terceira baixa do técnico Aleksandar Petrovic na lista, que tem 14 atletas.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN E ASSISTIR AOS JOGOS DO NBB, DA EUROLIGA E DA CHAMPIONS LEAGUE AMÉRICAS

Didi ainda não informou o motivo da dispensa. O jovem ala, de 20 anos, retornou em 11 de janeiro de uma lesão (estiramento na panturrilha), fator pelo qual perdeu quatro jogos da NBL, o campeonato australiano. Apesar disso, a Confederação Brasileira de Basquete (CBB) diz que a recente lesão não influenciou no pedido.

O pivô Rafael Hettsheimer, do Franca, foi o primeiro atleta a pedir dispensa da seleção, por motivos pessoais. Ele seria substituído por Luís Gruber, do Mogi. Entretanto, Gruber rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo em 15 de janeiro e ficará fora de ação de seis a nove meses. A CBB informará nas próximas semanas os substitutos de Gruber e Didi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *