Sem nenhum jogo nesta temporada na NBA, Nenê é trocado pelo Rockets para o Hawks

Nenê, com 965 jogos de NBA na carreira, ainda não atuou na atual temporada da liga norte-americana (Foto: Divulgação/Houston Rockets)
Nenê, com 965 jogos de NBA na carreira, ainda não atuou na atual temporada da liga norte-americana (Foto: Divulgação/Houston Rockets)

O experiente pivô Nenê Hilário, de 37 anos, foi envolvido em uma troca entre Houston Rockets, franquia que então defendia, e mais três equipes: Denver Nuggets, Minnesota Timberwolves e Atlanta Hawks. Como um dos resultados, o brasileiro, que ainda não atuou em nenhuma partida nesta temporada da NBA, ruma com o suíço e também pivô Clint Capela, de 25 anos, para o Hawks.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN E ASSISTIR AOS JOGOS DO NBB, DA EUROLIGA E DA CHAMPIONS LEAGUE AMÉRICAS

Nenê teve uma lesão ainda na pré-temporada em um dos músculos adutores do quadril. Em 15 de janeiro deste ano, o brasileiro esteve pela primeira vez disponível na temporada, em uma partida entre RocketsPortland Trail Blazers. Ainda não se sabe o futuro do brasileiro no Atlanta Hawks, com contrato até o fim desta temporada. O Hawks também tem o ucraniano Alex Len, de 24 anos, e Damian Jones, de 26, como pivôs no elenco.

Enquanto Nenê ainda não atuou nesta temporada, os colegas de posição do Hawks são figuras constantes em quadra. Capela realizou 39 jogos, enquanto Len fez 40 e Jones 46. A franquia da capital do estado da Geórgia é a 15ª e lanterna da Conferência Leste, com a segunda pior campanha da liga, com 13 vitórias e 38 derrotas. O Rockets, agora ex-equipe do brasileiro, é o quinto da Conferência Oeste, com 32 triunfos em 50 partidas.

Fato é que esta será a sexta camisa que Nenê vestirá na carreira como profissional, sendo a quarta na NBA, onde atua desde 2002. Ele também atuou por Denver Nuggets, período de maior sucesso na carreira, entre 2002 e 2011, Washington Wizards, de 2011 a 2016, e Rockets, de 2016 a 2020. Fora da liga norte-americana, o pivô brasileiro atuou pelo Vasco da Gama, de 1999 a 2002, e também pela Seleção Brasileira, entre 2000 a 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *