Desfalque de Davi, Leandrinho como armador e minutagem de Gui Carvalho: Leo Costa passa o Minas a limpo

Leandrinho deve começar como armador; Gui terá minutagem com 'evolução natural' (Fotos: Arthur Marega/São José)
Leandrinho deve começar como armador; Gui terá minutagem com ‘evolução natural’ (Fotos: Arthur Marega/São José)

A vitória do Minas sobre o São José, por 124 a 119, na prorrogação, na última quinta-feira, pela 17ª semana da fase classificatória do NBB, na Arena Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte, foi uma prova de fogo para o técnico minas-tenista Leo Costa. O treinador não contou com o armador Davi Rossetto, que quebrou o nariz em um treinamento durante a semana, e teve de colocar o ala-armador Leandrinho na função.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN E ASSISTIR AOS JOGOS DO NBB, DA EUROLIGA E DA CHAMPIONS LEAGUE AMÉRICAS

Ainda não há um resultado sobre o tempo que Davi será desfalque. Com isso, Leo Costa começa a pensar em Leandrinho iniciando na posição. Nesta temporada, o ala-armador, cestinha do NBB com média de 20,7 pontos por jogo, era acionado do banco de reservas e entrava na posição de origem. Outras opções para iniciar como base são o ala-armador Brent Jackson Jr. e o ala Alex Garcia.

“Acredito que o Davi ainda ficará um tempo fora, aguardamos a posição do departamento médico. Vamos ajustar normalmente, Leandrinho saiu na 1 contra o São José, acho que não teremos muitos problemas quanto a isso. Questão maior é cuidar da rotação e do desgaste, para ele não ficar muito tempo em quadra, pois às vezes ele faz 2 ou até 3“, disse, ao Basquete Todo Dia.

Leo Costa ainda criticou a atuação contra o São José, 14º do NBB. O Minas, mesmo com a vitória, permaneceu na quinta posição. “Um jogo com momentos distintos. Erramos demais na defesa, esse é um ponto que temos que entender se quisermos chegar longe mesmo no NBB. Nosso nível de comprometimento defensivo tem que ser diferente do que foi, principalmente no quarto período. São José tem jogadores de qualidade, Morillo inspirado, Figueredo bem no fim, mas é inadmissível tomar 44 pontos em casa no último quarto e deixar ir para a prorrogação. Ainda bem que vencemos, o peso foi menor, mas saímos com essa missão”.

A próxima partida do Minas será contra o vice-líder Franca, na quinta-feira, às 20h10, pela 18ª semana do NBB, no Pedrocão, em Franca. “Franca foi campeão do Super 8, é o segundo na tabela do NBB. Para conseguir vitórias não só em Franca como nas outras três partidas que temos fora de casa nessa sequência, a nossa intensidade tem que ser diferente”, disse Leo Costa.

Gui Carvalho

O jovem ala-armador Gui Carvalho, de 17 anos, foi destaque na semana depois de atuar em duas partidas pela Seleção Brasileira principal, contra o Uruguai. Ele atuou por 23 minutos na equipe nacional, enquanto somava 13 minutos em toda carreira em partidas de nível NBB. Contra o São José, o jovem esteve em quadra por seis minutos. Leo Costa comentou a minutagem que será dada ao garoto.

“A situação do Gui vai ser natural, dentro de um processo que a gente desenhou. O ano passado todo ele teve dificuldades de acompanhar treinamentos, por conta de estudos, viagens com seleções de base, jogos da base no Minas. Neste ano ele está mais inserido no processo, e naturalmente com a ausência do Davi surgiu mais oportunidades. Temos atenção muito especial e vamos soltando da maneira certa, também para não botar em nenhuma fogueira. Esse processo de formação dele está no radar não só meu como da instituição”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *