LNB deve esperar até ‘último momento’ para definir futuro do NBB

Bauru entrou em acordo com atletas e comissão e desistiu deste NBB; Pinheiros demitiu o time profissional por correspondências (Foto: Victor Lira/Bauru)
Bauru entrou em acordo com atletas e comissão e desistiu deste NBB; Pinheiros demitiu o time profissional por correspondências (Foto: Victor Lira/Bauru)

O novo coronavírus impacta todos os setores do planeta, e no esporte brasileiro (mais precisamente o basquete) não é diferente. A desistência de Bauru e Pinheiros, que demitiu a equipe adulta por cartas, colocou uma enorme dúvida sobre o NBB da temporada 2019/2020. A Liga Nacional de Basquete (LNB), organizadora do torneio, se reúne semanalmente para discussões desde a suspensão do campeonato, em 15 de março deste ano, na 20ª semana da fase classificatória, devido à pandemia.

A reunião dessa quinta-feira, a primeira desde a desistência dos dois times paulistas de disputar o restante do NBB, não definiu o futuro da liga. O Basquete Todo Dia apurou que os clubes preferem aguardar mais e verem o que será possível fazer, com as equipes que ainda seguirem na disputa. Com isso, o fim do campeonato ainda não é falado.

A LNB não se posicionou depois que a reunião dessa quinta teve fim, diferente de outros encontros. O NBB já definiu que vai ser retomado na fase eliminatória. Até então, restam dez equipes na disputa: Flamengo, Franca, São Paulo, Minas, Mogi, Corinthians, Botafogo, Rio Claro, Unifacisa e Paulistano.

Porém, há um prazo importante a ser considerado. Diversos times têm contratos com os atletas que expiram em junho, sendo esse a data limite para que as equipes entrem em quadra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *