JP Batista celebra acordo com o Minas: ‘Feliz em fazer parte dessa nova família’

JP Batista estava no Le Mans, que terminou o último Campeonato Francês na nona posição (Foto: Dominique Breugnot/Le Mans)
JP Batista estava no Le Mans, que terminou o último Campeonato Francês na nona posição (Foto: Dominique Breugnot/Le Mans)

O Minas anunciou nessa segunda-feira (10) a contratação do experiente pivô JP Batista, de 38 anos, que disputou a última temporada pelo Le Mans-FRA. O jogador, que também já serviu a Seleção Brasileira, se junta ao armador Davi Rossetto e ao técnico Leo Costa como os membros já confirmados para o elenco da temporada 2020/2021. O “cincão”, de 2,06 m, celebrou o acerto com o clube da Rua da Bahia.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN

“Nova temporada, novas cores, novo desafio, mesmo objetivo. Estou muito feliz em fazer parte dessa nova família e de vestir a camisa do Minas Tênis Clube”, escreveu JP Batista nas redes sociais.

JP é um desejo antigo do clube minas-tenista. Na temporada 2019/2020 do Campeonato Francês, o pivô atuou em 21 das 25 partidas do time. Depois de atuar na base do Sport Recife, Batista atuou quatro anos no basquete universitário dos Estados Unidos, de 2002 a 2006. Ele começou a carreira profissional na Europa, em 2006, onde passou por Lituânia, Letônia e França até chegar ao Brasil em 2015.

Ele voltou para território francês em 2019, como atual MVP do NBB enquanto jogador do Mogi, mas agora volta novamente ao solo nativo, agora para atuar pelo Minas. O pivô também defendeu a Seleção Brasileira por quase uma década, de 2007 a 2016.

O Minas também espera fechar a contratação de três outras peças para a próxima temporada: o armador uruguaio Luciano Parodi, ex-Franca; o ala-pivô bahamense David Nesbitt, ex-Corinthians; e o ala Rafa Moreira, ex-Brasília. Outras renovações, como a do ala-armador e estrela da equipe Leandrinho, também estão em negociação. O ala-armador Gui Carvalho, o ala Samuel Ribeiro e o pivô Tiago Dias, jovens da categoria de base, assim como o ala-pivô Felipe Queirós, seguirão no elenco.

O Minas terminou a temporada 2019/2020 como semifinalista da Copa Super 8 e em quarto do NBB, que foi encerrado sem campeão e precocemente devido à pandemia do novo coronavírus. Apesar disso, o Minas se garantiu na próxima Liga Sul-Americana devido à colocação na liga nacional. Outros torneios que o Minas pode disputar na temporada 2020/2021 são Campeonato Mineiro, se for confirmada a edição de 2020, e Super 8, caso a equipe termine o primeiro turno do NBB entre os oito melhores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *