NBB convive com troca intensa de equipes entre temporadas; veja levantamento por ano

Botafogo e Rio Claro podem se juntar a São José e não disputar o próximo NBB (Foto: Marfim Photo Sports/Rio Claro)
Botafogo e Rio Claro podem se juntar a São José e não disputar o próximo NBB (Foto: Marfim Photo Sports/Rio Claro)

A Liga Nacional de Basquete (LNB) divulgou nessa terça-feira (8) os 15 clubes já confirmados para a temporada 2020/2021 do Novo Basquete Brasil (NBB), principal torneio de basquete masculino do país. Como acontece desde 2009, ano da inauguração do campeonato, haverá mudanças significativas entre um ano e outro.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN

São José, 14º na última temporada, não apresentou a documentação necessária e ficará de fora da 13ª edição do NBB. Botafogo e Rio Claro têm até sexta-feira (11), data final, para se garantir na disputa. Além disso, duas equipes retornam: Caxias do Sul e Campo Mourão. Blackstar e Cerrado também correm contra o tempo para ingressarem na elite do basquete nacional.

As diversas trocas entre cada disputa do NBB é algo comum na elite do basquete brasileiro. Bauru, Flamengo, Franca, Minas, Paulistano e Pinheiros são os únicos clubes que figuram em todas as edições do campeonato.

A principal questão é a financeira, com o fim de projetos em poucos anos, mas também houve situações de rebaixamento. O Basquete Todo Dia elencou todas as trocas entre temporadas. Veja, abaixo, todas as trocas desde a primeira disputa:

NBB 2008/2009 – 15 equipes

NBB 2009/2010 – 14 equipes (Limeira (5º) e Lajeado (15º) saíram – Londrina entrou)

NBB 2010/2011 – 15 equipes (Londrina (13º) e Saldanha (14º) saíram – Uberlândia, Limeira e Vitória entraram)

NBB 2011/2012 – 15 equipes (Vitória (13º) e Assis (15º) saíram – Liga Sorocabana e Tijuca entraram)

NBB 2012/2013 – 18 equipes (Araraquara (14º) saiu – Palmeiras, Suzano, Mogi e Basquete Cearense entraram)

NBB 2013/2014 – 17 equipes (Joinville (10º), Tijuca (17º) e Suzano (16º) saíram – Macaé, Goiânia e entraram)

NBB 2014/2015 – 16 equipes (Espírito Santo (17º), Goiânia (16º) e – Rio Claro entrou)

NBB 2015/2016 – 15 equipes (Palmeiras (9º), Limeira (3º) e Uberlândia (13º) saíram – Vitória e Caxias do Sul entraram)

NBB 2016/2017 – 16 equipes (São José (15º) saiu – Campo Mourão e Vasco entraram)

NBB 2017/2018 – 15 equipes (Macaé (12º), Rio Claro (16º) e Brasília (5º) saíram – Joinville e Botafogo entraram)

NBB 2018/2019 – 14 equipes (Vitória (9º), Liga Sorocabana (15º) e Campo Mourão (14º) saíram – Corinthians e Brasília entraram)

NBB 2019/2020 – 16 equipes (Vasco (13º) e Joinville (14º) saíram – São Paulo, Pato, Unifacisa e Rio Claro entraram)

NBB 2020/2021* – 15 equipes (São José (14º) saiu – Botafogo (8º), Rio Claro (9º), Blackstar e Cerrado aguardam confirmação – Caxias do Sul e Campo Mourão entraram)

* cenário a ser definido na sexta-feira (11)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *