Minas volta a confiar em estrangeiro estreante no Brasil ao contratar Shaquille Johnson

Shaquille Johnson atuou no Urunday Universitario na última temporada (Foto: Divulgação/Urunday Universitario)
Shaquille Johnson atuou no Urunday Universitario na última temporada (Foto: Divulgação/Urunday Universitario)

Evan Roquemore, Dominique Coleman, Devon Scott… A fórmula vem dando certo, e o Minas foi novamente atrás de um jogador estrangeiro que terá a primeira experiência no Brasil para a temporada 2020/2021. O clube anunciou, nessa terça-feira (22), a contratação do ala estadunidense Shaquille Johnson, de 30 anos, que estava no Urunday Universitario, do Uruguai.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN

O ala de 1,91m atuou em 28 jogos na última temporada no Uruguai e teve médias de 21,5 pontos, 4,3 rebotes e 5,4 assistências por partida. Outro “cigano” do basquete, Johnson também passou por Finlândia, Peru, Canadá e Argentina.

A chegada de Johnson se assemelha a outras contratações de estadunidenses do passado: jogadores com alguma rodagem, mas sem experiência no Brasil. Em 2017/2018, o ala-armador Roquemore foi figura importante para o Minas chegar até as quartas de final do NBB. O bom desempenho o levou para o Paulistano, então campeão do torneio, na temporada seguinte.

Em 2018/2019, foi a vez do ala-armador Coleman se destacar pelo Minas. Com números e atuações que o credenciaram para o Jogo das Estrelas, o jogador chegou até a ofuscar Leandrinho como melhor atleta do Minas naquela temporada, com médias de 15,7 pontos por partida. A equipe parou nas oitavas do NBB, e “Nique” rumou para o Paulistano na temporada seguinte.

Já na última temporada, interrompida pela pandemia de coronavírus, o pivô Scott foi um dos pilares da equipe. Eleito como um dos melhores pivôs do NBB, o jogador foi um dos destaques do Minas junto de Alex e Leandrinho, com médias de 14,3 pontos e 7,8 rebotes por jogo.

O Minas terminou a temporada 2019/2020 como semifinalista da Copa Super 8 e em quarto do NBB, que foi encerrado sem campeão e precocemente devido à pandemia. Apesar disso, o Minas se garantiu na próxima Liga Sul-Americana devido à colocação na liga nacional.

Outros torneios que o Minas pode disputar na temporada 2020/2021 são Campeonato Mineiro, se for confirmada a edição de 2020, e Super 8, caso a equipe termine o primeiro turno do NBB entre os oito melhores. O NBB tem início previsto para meados de novembro, e a Liga Sul-Americana acontecerá em 2021.

O elenco do Minas para a temporada 2020/2021:

Luciano Parodi – Armador

Davi Rossetto* – Armador

David Jackson – Ala-armador

Gui Carvalho* – Ala-armador

Shaquille Johnson – Ala

Rafa Moreira – Ala

Samuel Ribeiro* – Ala

David Nesbitt – Ala-pivô

Felipe Queirós* – Ala-pivô

JP Batista – Pivô

Ronald Reis – Pivô

Tiago Daniel* – Pivô

Augusto Alcassa – Pivô

Leo Costa* – Treinador

*remanescentes da última temporada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *