Finais da NBA começam com Heat em busca da glória contra Lakers, de LeBron James

Na temporada regular, o Lakers venceu os dois duelos com o Heat (Foto: Andrew D. Bernstein/NBAE via Getty Images)
Na temporada regular, o Lakers venceu os dois duelos com o Heat (Foto: Andrew D. Bernstein/NBAE via Getty Images)

Surpresa nas finais da NBA, que começam a partir das 22h (de Brasília) desta quarta-feira, o Miami Heat tentará parar o Los Angeles Lakers, do ala LeBron James e do pivô Anthony Davis. As duas equipes perderam somente três dos 15 jogos nos playoffs deste ano. A decisão será transmitida para o Brasil pela Band, na TV aberta, e pela ESPN, para assinantes.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN

A presença do Lakers, primeiro lugar e campeão da Conferência Oeste, na final desta temporada da NBA era esperada, muito por conta da recém-formada dupla LeBron e Davis. O ala, inclusive, disputará a décima final em 17 anos de carreira e tentará o quarto título, já que conquistou dois pelo próprio Heat (em 2012 e 2013) e um pelo Cleveland Cavaliers (em 2016).

Já o Miami, reformulado, não era tido como favorito e teve ajustes durante o ano. Quinto da temporada regular na Conferência Leste, a equipe bateu Indiana Pacers (4 a 0), o líder e favorito Milwaukee Bucks (4 a 1) e Boston Celtics (4 a 2) até chegar às finais.

O Heat tem peças como os alas Jimmy Butler e Andre Iguodala, que vai para a sexta final seguida na NBA, para tentar segurar o ímpeto de LeBron e companhia. Ambos (em especial Iguodala, que defendia o Golden State Warriors e venceu três dos quatro duelos de finais contra LeBron) já protagonizaram confrontos contra o “Rei”.

Outros atletas experientes, como o armador esloveno Goran Dragic, o ala Jae Crowder e o ala-pivô canadense Kelly Olynyk compõem o time. A equipe tem a mescla jovem com o armador Kendrick Nunn e os ala-armadores Duncan Robinson e Tyler Herro, todos jogadores que têm chute de três pontos como arma.

Além dos nomes em quadra, o técnico do Miami se apresenta como outra figura importante na final. Erik Spoelstra é o treinador da franquia desde 2008 e já trabalho com LeBron James, quando o “Rei” vestiu o vermelho, preto e branco do Heat, entre 2010 e 2014.

Tanto Lakers quanto Heat não chegaram nem a figurar nos playoffs da última temporada e contaram com certa reformulação para chegar à decisão neste ano. A equipe da Flórida tenta o quarto título, enquanto os californianos vão em busca do 17º título, recorde de conquistas que pertence ao Celtics.

Assim como todas as séries de playoff, a final também será disputada em melhor de sete jogos. A temporada 2019/2020 da NBA foi interrompida de março a julho devido à pandemia do novo coronavírus e retornou em uma “bolha” de isolamento na cidade de Orlando, no estado da Flórida. Desde o reinício, nenhum caso de COVID-19 foi registrado.

Datas e horários das finais da NBA**:

Jogo 1: 30/09 (quarta-feira), às 22h – Los Angeles Lakers x Miami Heat

Jogo 2: 02/10 (sexta-feira), às 22h – Los Angeles Lakers x Miami Heat

Jogo 3: 04/10 (domingo), às 20h30 – Miami Heat x Los Angeles Lakers

Jogo 4: 06/10 (terça-feira), às 22h – Miami Heat x Los Angeles Lakers

* Jogo 5: 09/10 (sexta-feira), às 22h – Los Angeles Lakers x Miami Heat

* Jogo 6: 11/10 (domingo), às 20h30h – Miami Heat x Los Angeles Lakers

* Jogo 7: 13/10 (terça-feira), às 22h – Los Angeles Lakers x Miami Heat

* se necessário

** jogos em horário de Brasília. Transmissão para a TV brasileira por Band e ESPN

Jogador já campeão

Um fato curioso marcará as finais deste ano. O ala-armador Dion Waiters, do Lakers, pode ser considerado campeão independente do resultado. Isso porque ele defendeu o Heat no início de outubro a fevereiro, até ser envolvido em uma troca e cavar na Califórnia. O caso se assemelha ao do pivô brasileiro Anderson Varejão, que atuou pelo Cavaliers no início da temporada 2015/2016 e terminou a disputa no Warriors. Varejão enfrentou nas finais o próprio Cavaliers, que se sagrou campeão.

História viva no Miami

O experiente pivô Udonis Haslem, de 40 anos, está na equipe desde 2003 e fez parte dos três títulos da história do Heat. Ele pode conquistar o quarto anel e ser o único atleta presente em todas as quatro conquistas da franquia da Flórida. Ele é nascido em Miami, o que aumenta ainda mais sua identificação com o time.

Matéria também publicada na edição desta quarta-feira (30) do Jornal Estado de Minas

17 thoughts to “Finais da NBA começam com Heat em busca da glória contra Lakers, de LeBron James”

  1. Hi! Quick question that’s entirely off topic. Do you know how to
    make your site mobile friendly? My web site looks weird when browsing from my iphone.
    I’m trying to find a template or plugin that might be able to
    resolve this issue. If you have any recommendations, please share.
    Appreciate it!

  2. I like this site very much, Its a really nice billet to read and incur information. “…when you have eliminated the impossible, whatever remains, however improbable, must be the truth.” by Conan Doyle.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *