Minas decide no fim, bate o Mogi e consegue nona vitória seguida no NBB

Com 19 pontos, Nesbitt foi o grande destaque do Minas na partida (Foto: Antonio Penedo/Mogi)
Com 19 pontos, Nesbitt foi o grande destaque do Minas na partida (Foto: Antonio Penedo/Mogi)

Apesar de equilíbrio durante toda partida, o Minas conseguiu vencer o Mogi na noite desta quarta-feira (16) por 80 a 74, no Ginásio Hugo Ramos, na cidade de mesmo nome no interior de São Paulo, pela sexta semana da fase classificatória do NBB. O cestinha da partida foi o ala-pivô bahamense David Nesbitt, do Minas, com 19 pontos.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN

Com o resultado, o Minas se mantém na terceira posição do NBB, com nove vitórias (todas seguidas) e uma derrota no campeonato. Já o Mogi, que tem campanha de quatro triunfos e cinco reveses, caiu da oitava para a nona colocação.

O Mogi terá alguns dias de descanso e volta às quadras em 27 de dezembro, às 14h, pela sétima semana da fase classificatória do NBB, contra o Flamengo, no Morumbi, em São Paulo. Já o Minas retorna no sábado (19), às 16h, ainda pela sexta semana do NBB, contra o São Paulo, no Ginásio Henrique Villaboim, na cidade paulistana.

O jogo

A partida começou com o Minas mais efetivo, mas a rotação favoreceu o Mogi, apesar de o “bancário” minas-tenista Gui Santos, ala-armador, ter marcado seis pontos após entrar. Mesmo com o ala Fabricio tendo marcado 11 pontos para os mogianos, a partida foi ao segundo quarto empatada em 22 a 22. A partida seguiu equilibrada, com as equipes trocando cestas. e o jogo foi ao intervalo em 37 a 37.

As equipes voltaram ao intervalo no mesmo ritmo dos outros quartos, mas o Minas foi mais imponente e, com dez pontos do ala-pivô David Nesbitt, foi ao último período à frente, com 56 a 55 no placar. Os dez minutos finais começaram equilibrados, com Mogi conseguindo até virar o jogo. Contudo, os mineiros se fecharam e com boa participação do ala-armador Shaquille Johnson, do ala David Jackson e do ala-pivô Felipe Queirós decidiram a partida no fim e venceram por 80 a 74.

MOGI 74 X 80 MINAS

MOGI
Fúlvio, Guilherme Lessa, Fabrício, Wesley Castro e Douglas Kurtz; Douglas Santos, Cassiano, Mogi e Gruber
Técnico: Bruno Lopes

Desfalques: Dominique Coleman (lesão na panturrilha direita) e Luiz Colina (tendinite na perna esquerda)

MINAS

Luciano Parodi, Shaquille Johnson, David Jackson, David Nesbitt e JP Batista; Ronald Rudson, Gui Santos, Davi Rossetto e Felipe Queirós
Técnico: Leo Costa

Destaques do jogo

Cerrado

Fabricio: 16 pontos, 3 rebotes e 3 assistências

Fúlvio: 14 pontos, 5 rebotes e 5 assistências

Wesley Castro: 12 pontos, 2 rebotes e 2 assistências

Minas

David Nesbitt: 19 pontos, 7 rebotes e 2 assistências

Luciano Parodi: 14 pontos, 4 rebotes e 6 assistências

Shaquille Johnson: 11 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Motivo: sexta semana da fase classificatória do NBB

Local: Ginásio Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes (SP)

Data e horário: quarta-feira, 16 de novembro de 2020, às 20h (de Brasília)

Transmissão: DAZN

Árbitro: Cristiano Jesus Maranho (Internacional-PR)

Primeiro fiscal: Maria Cláudia Comodaro Moraes (Internacional-MG)

Segundo fiscal: Fernando Aparecido Cavalcante Leite (Internacional-SP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *