Minas tira 17 pontos de vantagem, vence São Paulo e assume vice-liderança do NBB

David Jackson foi o responsável por colocar o Minas à frente com menos de um minuto para o fim da partida (Foto: Reprodução/Twitter NBB)
David Jackson foi o responsável por colocar o Minas à frente com menos de um minuto para o fim da partida (Foto: Reprodução/Twitter NBB)

A promessa de um jogão de basquete na tarde deste sábado (19) era certa. Mesmo depois de estar atrás no marcador por 17 pontos no fim do segundo quarto, o Minas reagiu, virou e venceu o São Paulo por 96 a 92. A partida foi válida pela sexta semana da fase classificatória do NBB, no Ginásio Henrique Villaboim, na capital paulista.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN

Com a vitória, o Minas ultrapassa o São Paulo e alcança a segunda colocação do NBB, com campanha de dez vitórias, todas seguidas, e uma derrota no NBB. O revés foi justamente para o Flamengo, líder do campeonato, que tem a mesma campanha, mas lidera pelo confronto direto, primeiro critério de desempate. Já o Tricolor caiu para terceiro, com nove triunfos em 11 partidas na competição.

O Minas já volta às quadras na segunda-feira (21), às 14h30, pela sétima semana do NBB. A equipe duela com o Pinheiros. O São Paulo também retorna nesse dia, mas às 20h30, e pelo mesmo motivo. O Tricolor enfrenta a Unifacisa. Esses dois jogos serão no Henrique Villaboim, na capital paulista.

O jogo

A partida começou com certo equilíbrio, mas o São Paulo aproveitou de falhas defensivas e chegou a abrir 19 a 13. O técnico minas-tenista Leo Costa pediu tempo faltando 2:36 para o fim do quarto e deu resultado, com o São Paulo vencendo o primeiro quarto por 21 a 19.

O segundo período voltou com semelhanças ao primeiro. Os minas-tenistas novamente pecaram na defesa, agora também erros no ataque, e Leo Costa pediu tempo técnico com 5:08 no relógio, com o São Paulo vencendo por 31 a 23. Contudo, a parada não adiantou, e o Tricolor seguiu forte, principalmente com Shamell, Dawkins e Lucas Mariano, que somaram 23 pontos no quarto. Os paulistas foram ao intervalo vencendo por 49 a 32.

O Minas voltou outra equipe do intervalo. A equipe de Leo Costa teve bom poder de reação e cortou a vantagem para sete pontos, obrigando o técnico tricolor Cláudio Mortari a pedir tempo com 3:53 no cronometro e 59 a 52. Apesar disso, depois desse pedido, a equipe paulista conseguiu minimamente se reestabelecer no ataque e na defesa e foi ao último período na frente por 71 a 60.

Os últimos dez minutos foram de emoção. O Minas seguiu com bom ritmo, conseguiu tirar a vantagem e virou a partida com 2:35 restantes, em bola de três pontos de David Nesbitt. Logo em seguida, Mortari pediu tempo, com 82 a 80 para os minas-tenistas.

Após isso, as equipes trocaram a liderança no marcador, mas o Minas abriu dois pontos de vantagem com 27 segundos restantes no relógio após cesta de três de David Jackson. No lance seguinte, o armador minas-tenista, Parodi fez ótima defesa individual em Georginho, com direito a roubada de bola, segurou a vantagem e venceu por 96 a 92.

MINAS 96 X 92 SÃO PAULO

MINAS

Luciano Parodi, Shaquille Johnson, David Jackson, David Nesbitt e JP Batista; Davi Rossetto, Gui Santos, Ronald Rudson e Felipe Queirós
Técnico: Leo Costa

SÃO PAULO

Georginho de Paula, Corderro Bennett, Shamell Stallworth, Renan Lenz e Lucas Mariano; Kenny Dawkins, Isaac, Jefferson William e Gerson
Técnico: Cláudio Mortari

Destaques do jogo

Minas

David Jackson: 21 pontos, 1 rebote e 4 assistências

Luciano Parodi: 12 pontos, 4 rebotes e 9 assistências

David Nesbitt: 19 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

São Paulo

Lucas Mariano: 22 pontos e 8 rebotes

Shamell Stallworth: 22 pontos, 3 rebotes e 2 assistências

Corderro Bennett: 19 pontos, 2 rebotes e 4 assistências

Motivo: sexta semana da fase classificatória do NBB

Local: Ginásio Henrique Villaboim, em Mogi das Cruzes (SP)

Data e horário: sábado, 19 de novembro de 2020, às 16h (de Brasília)

Transmissão: TV Cultura e Facebook do NBB

Árbitro: Jacob Cassimiro Barreto (Internacional-SP)

Primeiro fiscal: Gustavo Edson Mathias (Internacional-SP)

Segundo fiscal: Bruno da Costa Oliveira (Internacional-RS)

Outros jogos do NBB neste sábado:

Unifacisa 92 x 85 Franca

19h – Fortaleza Basquete Cearense (7º) x (10º) Pinheiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *