Vitória sobre o São Paulo mantém Minas na cola do líder Flamengo no NBB

Felipe Queirós deu vitória ao Minas no arremesso final (Foto: Willian Oliveira/Foto Atleta/NBB)
Felipe Queirós deu vitória ao Minas no arremesso final (Foto: Willian Oliveira/Foto Atleta/NBB)

O Minas venceu o São Paulo por 92 a 90 na noite dessa quinta-feira (25/02), pela 14ª semana da fase classificatória do NBB, no Ginásio Antonio Prado Jr., na capital paulista. Com a vitória, os minas-tenistas seguem na cola do líder Flamengo, já que os dois times têm a mesma campanha (20 triunfos em 22 partidas), mas o rubro-negro lidera por causa do primeiro critério de desempate: confronto direto.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN

O duelo dessa quinta, entre o vice-líder do NBB e terceiro colocado São Paulo (com campanha de 17 vitórias e cinco derrotas), foi marcado pela virada do Minas. Ao fim do primeiro tempo, os minas-tenistas perdiam por 47 a 36. O time comandado pelo técnico Leo Costa venceu com uma bola convertida no estouro do cronômetro pelo ala-pivô Felipe Queirós. O ala-armador Gui Santos chegou a tocar na bola, no aro e na rede antes de o arremesso ser convertido, mas a arbitragem não viu interferência na jogada.

“Jogo duríssimo, a gente não esperava nada diferente. O São Paulo é uma equipe que não está a toa brigando pela liderança também. Esse tipo de jogo fortalece. A gente veio de um primeiro tempo muito ruim, abaixo do que a gente sabe que pode produzir. A correção foi feita no vestiário, a volta totalmente diferente, time jogou mais personalizado, mais consistente na defesa”, afirmou Leo Costa, ao Blog do Souza.

O Minas é o segundo colocado do NBB, lidera o Grupo D da Champions League Américas (com uma vitória, uma derrota e um jogo a mais que os dois rivais do grupo: Flamengo e Instituto-ARG) e foi eliminado na semifinal da Copa Super 8. Leo Costa valorizou o trabalho feito no ano.

“Não tem segredo, é trabalho. A forma como os caras se dedicam todos os dias, não só os atletas, em primeiro momento, mas comissão, toda estrutura que temos para trabalhar no clube. Acho que é isso. É um time que se dedica demais e sabe o que quer, está pensando grande na competição”, também disse, ao Blog do Souza.

O Minas volta às quadras neste sábado (27/02), às 19h, também pela 14ª semana do NBB e no Antonio Prado Jr. Os minas-tenistas enfrentam o Franca, oitavo colocado no campeonato. O ala-pivô bahamense David Nesbitt e o armador uruguaio Luciano Parodi, desfalques diante do São Paulo por protocolo de COVID-19 (Nesbitt estava em viagem com a seleção de Bahamas) e lesão no joelho esquerdo, devem seguir como baixas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *