Minas consegue melhor campanha da história do clube na fase de classificação do NBB

Minas teve 26 vitórias e quatro derrotas em 30 jogos na fase de classificação deste NBB (Foto: Orlando Bento/Minas)
Minas teve 26 vitórias e quatro derrotas em 30 jogos na fase de classificação deste NBB (Foto: Orlando Bento/Minas)

A temporada 2020/2021 do Minas tem sido especial. Às vésperas de disputar as oitavas de final da Champions League Américas, a equipe minas-tenista terminou a fase de classificação do NBB na segunda posição e teve a melhor campanha na primeira fase da liga nacional na história do clube (veja o histórico ao fim desta matéria).

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN

A campanha, de 26 vitórias, quatro derrotas e 86,7% de aproveitamento, supera os números obtidos na temporada 2008/2009. Na ocasião, na primeira edição do NBB, o Minas terminou a fase classificatória como terceiro colocado, com 21 triunfos, sete reveses e aproveitamento de 75%.

Até essa quarta-feira (06/04), quando se encerrou a participação do Minas na primeira fase da atual edição do NBB (com vitória sobre o Bauru por 81 a 79), a campanha em 2008/2009 era a melhor dos minas-tenistas na fase classificatória liga nacional.

Em 2020/2021, foram 13 jogadores utilizados. Desses, quatro atuaram em todas as 29 partidas disputadas: o armador Davi Rossetto, o ala-armador Gui Santos, o ala-pivô Felipe Queirós e o pivô JP Batista. Batista, inclusive, lidera a média de rebotes entre os minas-tenistas, com 6,1. O armador uruguaio Luciano Parodi tem a melhor marca de assistências, com 4,5, enquanto o ala estadunidense David Jackson é o mais eficiente, com 15,2, e o cestinha, quesito que divide a liderança com o ala-armador e compatriota Shaquille Johnson Sr., com 13,4 pontos.

Nesbitt e Parodi são dois dos destaques do Minas no NBB (Foto: Marcos Limonti/LNB)
Ala-pivô David Nesbitt e armador Luciano Parodi fazem parte do quinteto considerado titular do Minas (Foto: Marcos Limonti/LNB)

Nesta temporada, o Minas também disputou a Copa Super 8, torneio eliminatório que reúne os oito primeiros colocados do turno do NBB. Os minas-tenistas foram eliminados para o São Paulo na semifinal, em 19 de janeiro deste ano. A equipe comandada pelo técnico Leo Costa volta às quadras no sábado (10/04), às 19h40, contra o Quimsa, da Argentina, em jogo único pelas oitavas de final da Champions League, em Manágua, Nicarágua.

Quanto aos playoffs do NBB, que ainda não têm data definida, o Minas poderá sediar dois confrontos de oitavas de final (sexto x 11º e sétimo x 10º) além dos duelos de quartas de final dele próprio e do terceiro colocado da fase de classificação. Esse esquema de sedes foi escolhido de forma excepcional devido aos impactos da pandemia de COVID-19 e segue a linha adotada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), organizadora de NBB e Super 8, ao longo desta temporada.

Histórico do Minas na fase de classificação do NBB:

2020/2021 – 2º colocado – 26V e 4D – 86,7% de aproveitamento
2019/2020 – 4º colocado – 17V e 9D – 65,4% de aproveitamento
2018/2019 – 9ª colocado – 11V e 15D – 42,3% de aproveitamento
2017/2018 – 9º colocado – 14V e 14D – 50% de aproveitamento
2016/2017 – 13º colocado – 7V e 21D – 25% de aproveitamento
2015/2016 – 10º colocado – 12V e 16D – 42,9% de aproveitamento
2014/2015 – 5º colocado – 17V e 13D – 56,7% de aproveitamento
2013/2014 – 15º colocado – 10V e 22D – 31,3% de aproveitamento
2012/2013 – 11º colocado – 8V e 9D – 47,1% de aproveitamento
2011/2012 – 13º colocado – 9V e 19D – 32,1% de aproveitamento
2010/2011 – 9º colocado – 13V e 15D – 46,4% de aproveitamento
2009/2010 – 4º colocado – 17V e 9D – 65,4% de aproveitamento
2008/2009 – 3º colocado – 21V e 7D – 75% de aproveitamento

Antes do início da temporada 2008/2009 do NBB, Minas se sagrou campeão mineiro (Foto: Marcos Vieira/EM/DA Press)
Antes do início da temporada 2008/2009 do NBB, Minas se sagrou campeão mineiro (Foto: Marcos Vieira/EM/DA Press)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *