Minas tem noite perfeita, vence o atual campeão Quimsa e avança à semifinal da Champions League

Rafa Moreira, ala do Minas, anotou seis pontos na vitória sobre o Quimsa (Foto: Fiba)
Rafa Moreira, ala do Minas, anotou seis pontos na vitória sobre o Quimsa (Foto: Fiba)

Com “aula” de basquete e amplo domínio do início ao fim, o Minas venceu o Quimsa, da Argentina, por 87 a 60, pelas quartas de final da Champions League Américas, no Polideportivo Alexis Agüello, em Manágua, capital da Nicarágua, na noite deste sábado (10/04). Sem tempo para comemorações, o Minas avança para a semifinal e entra em quadra já neste domingo (11/04), enquanto os argentinos, atuais campeões do principal torneio interclubes da América Latina, voltam para a província de Santiago Del Estero.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN

O Minas entra em quadra neste domingo (11/04), às 22h10, pela semifinal da Champions, também no Polideportivo Alexis Agüello. Os minas-tenistas enfrentam o vencedor de Real Estelí-NIC x Franca, times que duelam na sequência da partida entre argentinos e brasileiros.

A outra semifinal da Champions, às 19h40 (horário de Brasília) deste domingo, será disputada entre Flamengo e São Paulo. A final acontecerá na terça-feira (13/04), às 22h10. Antes, às 19h40, os perdedores das semifinais disputam o terceiro lugar do torneio latino-americano.

Já o Quimsa retorna à Argentina, onde se prepara para os playoffs da Liga Nacional, ainda sem data para disputa. A equipe entra diretamente nas quartas de final do campeonato.

O jogo

O Minas começou a partida bem superior ao Quimsa. Os minas-tenistas abriram oito pontos de vantagem logo no início de jogo, com 10 a 2, e administraram a parcial, indo ao quarto seguinte vencendo por 17 a 11.

No segundo período, o time minas-tenista foi amplamente superior no ataque e na defesa, com ampla dominância, sem dar espaços ao ataque argentino e com efetividade ofensiva. O Minas foi ao intervalo à frente por 47 a 25, maior diferença no marcador até então.

Na volta do intervalo, o Minas conseguiu administrar a vantagem, abriu 25 pontos em duas oportunidades e não mudou o estilo de jogo diante de um Quimsa incomodado e reclamando muito da arbitragem. O time minas-tenista foi ao quarto final vencendo por 69 a 47.

O Minas seguiu dominante nos dez minutos finais, conseguiu até abrir 29 pontos de vantagem, com 87 a 58, e fechou a imponente vitória por 87 a 60.

Quimsa 60 x 87 Minas

Quimsa
Nicolas Copello, Brandon Robinson, Mauro Cosolito, Leonardo Mainoldi e Ismael Romero; Franco Baralle, Alejandro Diez, Bryan Carabali, Trevor Gaskins, Pablo Gramajo e Francisco Conrradi
Técnico: Sebastian González

Minas
Davi Rossetto, Gui Santos, David Jackson, David Nesbitt e Ronald Rudson; Shaquille Johnson Sr., JP Batista, Felipe Queirós, Rafa Moreira, Tiago Dias e Augusto Alcassa
Técnico: Leo Costa

Desfalque: Luciano Parodi (poupado após se queixar de dores no joelho esquerdo)

Destaques do jogo

Quimsa

Ismael Romero: 16 pontos e 9 rebotes

Brandon Robinson: 9 pontos, 1 rebote e 2 assistências

Leonardo Mainoldi: 8 pontos, 1 rebote e 2 assistências

Minas

David Jackson: 20 pontos, 5 rebotes e 5 assistências

Shaquille Johnson Sr.: 16 pontos, 3 rebotes e 1 assistência

Gui Santos: 15 pontos, 7 rebotes e 1 assistência

Motivo: jogo único das quartas de final da Champions League Américas

Local: Polideportivo Alexis Argüello, em Manágua, Nicarágua

Data e horário: sábado, 10 de abril de 2021, às 19h40 (de Brasília)

Arbitragem: Carlos Andrés Peralta Ortega (Equador), Júlio Cesar Anaya Freile (Panamá) e Gonzalo Salgueiro Marti (Uruguai)

Transmissão: DAZN

Outros jogos deste sábado:

14h40 – San Lorenzo 75 x 78 São Paulo

17h10 – Flamengo 74 x 59 Caballos de Coclé

22h10 – Real Estelí x Franca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *