Minas inicia semifinal contra o São Paulo para chegar à final inédita do NBB

Minas fez o último treino em BH na sexta-feira (07/05) (Foto: Orlando Bento/Minas)
Minas fez o último treino em Belo Horizonte na sexta-feira (07/05) (Foto: Orlando Bento/Minas)

A temporada 2020/2021 da elite do basquete brasileiro está próxima do fim. Em uma das semifinais do NBB, Minas e São Paulo duelam por uma inédita disputa de finais da liga, a mais importante do Brasil. Assim como a grande decisão, a série semifinal, decidida em melhor de cinco jogos, será disputada toda no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, e começa a partir das 18h desta segunda-feira (10/05).

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN

Cestinha do Minas nos playoffs do NBB com 17 pontos por jogo, o ala estadunidense David Jackson diz que a equipe está preparada para todas as situações ao longo da série contra o Tricolor. O experiente jogador, de 39 anos, também destaca a coletividade do time minas-tenista, que tem atletas de impacto que vêm do banco de reservas.

“Não sabemos como eles (são-paulinos) vão defender nosso time. Temos que estar preparados para todas as situações. O mais difícil de jogar contra o Minas é que temos vários jogadores que podem marcar pontos e fazer jogadas. Temos um ataque que não depende de um único jogador, somos um time unido, com várias peças que podem decidir jogadas a qualquer momento”, afirmou o camisa 32, em entrevista ao Basquete Todo Dia.

David Jackson foi o principal pontuador do Minas nas quartas de final (Foto: Orlando Bento/Minas)
David Jackson foi o principal pontuador do Minas nas quartas de final (Foto: Orlando Bento/Minas)

Uma dessas peças de impacto que partem do banco é o pivô JP Batista, capitão do time. Também aos 39 anos, o camisa 13 minas-tenista tem começado as partidas como reserva e geralmente reveza ao longo do jogo com o titular Ronald Rudson. Batista afirma que a equipe precisa se impor também na atitude, assim como fez nas quartas de final.

“Nossa postura tem que ser séria, sem lapsos de energia. Uma postura bem similar ao que a gente demonstrou no jogo 3 das quartas de final, contra o Franca. A equipe do São Paulo é super talentosa, com jogadores versáteis em todas as posições. A gente precisa ter essa seriedade, essa urgência, tem que ser encarado sempre como se fosse o último jogo da temporada”, disse, à reportagem.

Para chegar às semifinais, o Minas passou pelo Franca. A equipe mineira se deu melhor na série, decidida em melhor de três e disputada na Arena Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte, por 2 a 1, após vencer a primeira partida e perder a segunda. Na última segunda-feira (03/05), os minas-tenistas dominaram e venceram o duelo decisivo por 93 a 68.

Minas e São Paulo já se enfrentaram quatro vezes nesta temporada, com três vitórias minas-tenistas e uma Tricolor. Em 19 de dezembro de 2020, no Ginásio Henrique Villaboim, na capital paulista, os minas-tenistas venceram por 96 a 92, pela sexta semana da fase de classificação do NBB.

Já em 19 de janeiro deste ano foi a vez de o São Paulo vencer, por 78 a 70. Essa partida foi válida pela semifinal da Copa Super 8 e aconteceu no Ginásio Antonio Prado Jr, também na cidade paulistana.

Contudo, em 25 de fevereiro, o Minas desempatou o retrospecto e venceu por 92 a 90, pela 14ª semana da fase classificatória do NBB, no mesmo ginásio do duelo anterior. Já em 13 de abril, pela decisão de terceiro lugar da Champions League Américas, na Nicarágua, os minas-tenistas ampliaram a estatística positiva e venceram por 75 a 58.

“Nada precisa ser remodelado, não precisamos perder nossa essência. É um jogo equilibrado, em grupo, onde todos estão envolvidos e com energia, energia de que nada pode ser deixado para amanhã. No Super 8, jogamos fora de si, um jogo em que não conseguimos nos ajustar, e hoje somos um time mais equilibrado e preparado que naquela época. Essa série vai ter que tirar o melhor de cada um de nós para termos sucesso”, completou JP Batista, jogador com passagens pela Seleção Brasileira.

Pivô do Minas, JP Batista é o capitão do time (Foto: Orlando Bento/Minas)
Pivô do Minas, JP Batista é o capitão do time (Foto: Orlando Bento/Minas)

O Minas esteve no top 4 de todos os torneios que disputou nesta temporada: parou nas semifinais de Super 8 e Champions League e agora está em uma nova série semifinal, pelo NBB. Técnico do Minas, Leo Costa vê evolução na equipe e espera que o clube chegue pela primeira vez a uma final de NBB.

“Nossa equipe está crescendo muito ao longo da competição, tem vários jogadores experientes. A etapa final da Champions e os playoffs contra o Franca fizeram com que a gente crescesse demais como equipe, saímos fortalecidos na minha opinião. É levar experiências para a série contra o São Paulo, uma equipe que enfrentamos várias vezes na temporada. Vai ser uma série duríssima, mas espero que a gente consiga chegar a essa final inédita para o Minas”, afirmou, ao Basquete Todo Dia.

O São Paulo

O São Paulo chega à semifinal com moral. Na série de quartas de final, também disputada em BH, o Tricolor despachou o rival Corinthians por 2 a 0. Na última partida, em 1º de maio, o time são-paulino venceu o clássico majestoso por 79 a 68. O ala-pivô Renan Lenz relembra o histórico negativo diante do Minas na temporada e espera que o resultado na semifinal seja outro.

“Eles foram mais intensos que a gente e brigaram mais, e isso não pode acontecer nos playoffs. Se a gente deixar eles confortáveis, eles sabem onde colocar a bola. Tem que tirar eles da zona de conforto. A intensidade precisa ser diferente do jogo passado. Eles não podem ser mais intensos que a gente. Nosso time gosta de correr e de jogo rápido, enquanto o Minas gosta de jogar mais lento. Se a gente impõe o nosso ritmo e consegue encaixar o contra-ataque, a gente pode se dar bem”, afirmou o camisa 44 do Tricolor.

Sem perder, São Paulo passou pelo Corinthians nas quartas de final do NBB (Foto: Igor Amorim/São Paulo)
Sem perder, São Paulo passou pelo Corinthians nas quartas de final do NBB (Foto: Igor Amorim/São Paulo)

Comandado pelo técnico Cláudio Mortari, o São Paulo também tenta chegar pela primeira vez a uma final do NBB. Na atual temporada, o Tricolor chegou às semifinais do Campeonato Paulista, à final do Super 8 (após vencer o Minas) e às semis da Champions League. O treinador também relembra o histórico diante dos minas-tenistas.

“Classificamos bem, contra um adversário tradicional. Nós tivemos uma sequência de vitórias contra o Corinthians que dão ao time uma autonomia maior. Com o Minas, nós tivemos partidas como a do NBB, primeiro turno, em que a nossa vantagem era de quase 20 pontos e acabamos perdendo o jogo. No segundo turno, perdemos por uma atuação polêmica da arbitragem, ganhamos o Super 8 e perdemos na Champions. O pior jogo que já fizemos contra o Minas foi esse, da Champions. Então, está provado que o jogo pode ter qualquer resultado, e vai depender muito de tranquilidade, determinação e inteligência de jogo”, afirmou.

O outro lado da chave: Flamengo x Paulistano

Do outro lado do chaveamento, Flamengo e Paulistano disputam uma vaga na final do NBB. O rubro-negro conseguiu ser sede e levar semi e final ao Rio por conta da campanha na fase classificatória do NBB, quando liderou com campanha de 28 vitórias e duas derrotas.

Campeão de tudo que disputou nesta temporada (Campeonato Carioca, Super 8 e Champions League), o Flamengo tenta coroar um ano perfeito com a conquista do NBB, em casa. A série semifinal contra o Paulistano, azarão no confronto, também começa nesta segunda-feira (07/05), mas às 20h45. Assim como a semi, a final será disputada em melhor de cinco jogos. Ainda não há datas e horários das partidas da decisão.

Minas x São Paulo

Minas

Luciano Parodi, Shaquille Johnson Sr., David Jackson, David Nesbitt e Ronald Rudson; Gui Santos, JP Batista, Davi Rossetto, Felipe Queirós e Rafa Moreira, Tiago Dias e Augusto Alcassa

Técnico: Leo Costa

São Paulo

Georginho de Paula, Corderro Bennett, Shamell Stallworth, Jefferson William e Lucas Mariano; Renan Lenz, Kenny Dawkins, Isaac, Gerson, Igor Araújo e Danilo Penteado

Técnico: Cláudio Mortari

Motivo: jogo 1 da semifinal do NBB

Local: Maracanãzinho, no Rio d e Janeiro (RJ) – sem público pagante por conta da pandemia de COVID-19

Data e horário: segunda-feira, 10 de maio de 2021, às 18h

Transmissão: ESPN, DAZN e Twitch

Datas e horários dos jogos das semifinais:

– Segunda-feira (10/05)

18h – Jogo 1 – Minas x São Paulo – ao vivo em ESPN, DAZN e Twitch

20h45 – Jogo 1 – Flamengo x Paulistano – ao vivo em ESPN e DAZN

– Quarta-feira (12/05)

18h – Jogo 2 – Minas x São Paulo – ao vivo em ESPN, DAZN e Twitch

20h45 – Jogo 2 – Flamengo x Paulistano – ao vivo em ESPN e DAZN

– Sábado (15/04)

15h15 – Jogo 3 – Flamengo x Paulistano – ao vivo em ESPN e DAZN

18h – Jogo 3 – São Paulo x Minas – ao vivo em TV Cultura, ESPN, DAZN e Twitch

– Segunda-feira (17/05)

Horário a definir – Jogo 4* – Minas x São Paulo – ao vivo em ESPN, DAZN e Twitch

20h45 – Jogo 4* – Flamengo x Paulistano – ao vivo em ESPN e DAZN

– Quarta-feira (19/05)

18h – Jogo 5* – Flamengo x Paulistano – ao vivo em ESPN e DAZN

Horário a definir – Jogo 5* – Minas x São Paulo – ao vivo em ESPN, DAZN e Twitch

** Esta matéria também foi publicada na edição impressa do Jornal Estado de Minas desta segunda-feira (10/05)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *