Mesmo semifinalista de tudo na temporada passada, Minas inicia reformulação do elenco

Ala-pivô Renan Lenz, de 30 anos, deixa o São Paulo e reforça o Minas (Foto: Bruno Lorenzo/LNB)
Ala-pivô Renan Lenz, de 30 anos, deixa o São Paulo e reforça o Minas (Foto: Bruno Lorenzo/LNB)

O Minas deu início à montagem do elenco para a temporada 2021/2022. Mesmo sendo semifinalista dos três torneios (Copa Super 8, Champions League Américas e NBB) que disputou no último ano, o clube vai para uma reformulação.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN

O clube anunciou as contratações do ala-pivô Renan Lenz e do pivô Maique, que estavam em São Paulo e Paulistano, respectivamente. Além disso, as renovações dos contratos dos ala-armadores Shaquille Johnson Sr. e Gui Santos e do ala-pivô Tiago Dias foram oficializadas.

A continuidade de Gui Santos, contudo, ainda não é certa. Isso porque o jovem de 18 anos se prepara para o Draft da NBA nos Estados Unidos e tem até 19 de julho para retirar o nome da seleção. Caso ele continue e seja draftado, mesmo com um novo contrato no Minas, ele seguirá para alguma equipe da principal liga de basquete do mundo.

Das saídas, duas já são oficiais e com destino conhecido: o ala David Jackson e o pivô Ronald Rudson reforçam o Franca na próxima temporada. O pivô JP Batista também deixou o clube, mas para o Flamengo (informação antecipada pelo Esporte Clube Basquete e confirmada pelo Basquete Todo Dia), enquanto outros nomes como os armadores Luciano Parodi e Davi Rossetto e o ala-pivô Rafa Moreira analisam o mercado e não têm permanência garantida.

Já um atleta com renovação encaminhada é o ala-pivô Felipe Queirós. A informação foi antecipada pelo Esporte Clube Basquete e confirmada pelo Basquete Todo Dia. O portal também informa que o clube está próximo de anunciar a contratação do armador Alexey Borges, que estava no Bauru.

De certo, além das duas contratações e três renovações no elenco, a comissão técnica será mantida. Ela é encabeçada pelo técnico Leo Costa, que está no clube desde a temporada 2019/2020 e tem contrato até julho de 2022.

Na temporada que se aproxima, o Minas já tem disputas garantidas em NBB e Champions League Américas. O clube pode disputar também a Copa Super 8 caso termine o primeiro turno do NBB entre os oito primeiros e o Campeonato Mineiro, caso a Federação Mineira de Basketball (FMB) consiga organizar a disputa do torneio. O Estadual, inclusive, daria o pontapé inicial na temporada minas-tenista, a partir de setembro, com NBB tendo início em outubro e o torneio continental em novembro.

Veja, abaixo, a situação do elenco minas-tenista para a temporada 2021/2022:

Armadores

Luciano Parodi – permanência incerta

Davi Rossetto – permanência incerta

Alexey Borges – a ser anunciado como contratação minas-tenista

Ala-armadores

Shaquille Johnson Sr. – contrato renovado e continua para a próxima temporada

Gui Santos – contrato renovado, mas continuidade depende do Draft da NBA

Alas

David Jackson – deixa a equipe e reforça o Franca

Alas-pivôs

David Nesbitt – permanência incerta

Rafa Moreira – permanência incerta

Renan Lenz – contratação anunciada para a temporada 2021/2022

Felipe Queirós – a ser anunciado como renovação para seguir na próxima temporada

Tiago Dias – contrato renovado e continua para a próxima temporada

Pivôs

JP Batista – deixa a equipe e reforça o Flamengo

Ronald Rudson – deixa a equipe e reforça o Franca

Maique – contratação anunciada para a temporada 2021/2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *