Convocação da Seleção Brasileira Sub-16 gera polêmica sobre possível ‘bairrismo’

Convocação para a Copa América Sub-16 conta somente com atletas de clubes de São Paulo (Foto: Diego Maranhão/CBB)
Convocação para a Copa América Sub-16 conta somente com atletas de clubes de São Paulo (Foto: Diego Maranhão/CBB)

A convocação da Seleção Brasileira Sub-16 Masculina para a Copa América da categoria deixou dirigentes do basquete mineiro na bronca com a Confederação Brasileira de Basketball (CBB). Pessoas ligadas ao Minas Tênis Clube e ao Olympico Club, ambos de Belo Horizonte, acusam a CBB de “bairrismo” com São Paulo na convocação para o torneio.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR O DAZN

A convocação não conta com nenhum atleta de clubes de fora do estado de São Paulo. O fato gerou um desconforto entre dirigentes, a ponto de um dos diretores das categorias de base do basquete do Minas entrar em contato com a CBB para demonstrar profunda indignação com o fato.

Também de acordo com dirigentes mineiros, a convocação seria uma forma de aliciar os atletas que atuam em clubes de fora de São Paulo. O recado seria de que somente jogadores de equipes paulistas teriam uma chance na Seleção Brasileira.

Minas e Olympico decidiram, por exemplo, o Campeonato Brasileiro Sub-14 de 2019 – que acabou vencido pelos minas-tenistas. Este é um dos argumentos dos dirigentes para cobrar a presença de algum atleta destes clubes na convocação do time sub-16 para a Copa América deste ano.

A reportagem entrou em contato com a CBB, que ainda não se manifestou sobre o assunto. Assim que a confederação divulgue algo a respeito, esta matéria será atualizada.

A Copa América

O torneio acontecerá entre 23 e 29 de agosto em Xalapa, no México. O técnico será André Barbosa, que comanda a equipe principal do Pato Basquete. Canadá, Estados Unidos, República Dominicana, Porto Rico, México, Argentina e Chile também disputarão a Copa América Sub-16 Masculina.

Serão dois grupos de quatro times – as chaves ainda serão sorteadas. Ela servirá somente como ranqueamento para as quartas de final e chaveamento dos mata-matas. Os quatro semifinalistas garantem vaga na Copa do Mundo Sub-17, em 2022.

Antes de embarcar para o México, no dia 19, a seleção se apresenta neste domingo (8), com 15 atletas. Os treinos, na cidade de Arujá, em São Paulo, vão até 18 de agosto.

Veja, abaixo, os convocados – entre parêntesis, o estado de origem – e integrantes da comissão técnica:

Armadores
Alisson de Oliveira Hunger – São Paulo-SP (Rio Grande do Sul)
Cauã de Souza Pacheco – Pinheiros-SP (São Paulo)
Eduardo Bersch Klafke – Franca-SP (São Paulo)

Ala-armadores
Alisson Venancio do Nascimento – Superação-SP (São Paulo)
Enrico Bianchi Lazari e Silva – Corinthians-SP (São Paulo)
Lucas Segantini Moreira – Corinthians-SP (São Paulo)

Alas
Henrique Lúcio da Silva – Paulistano-SP (São Paulo)
Igor de Jesus Andrade – São Paulo-SP (São Paulo)
Ivo Henrique Chiaretto – Cravinhos-SP (Paraná)
Rudivan Dantas Pardo – Avaré-SP (Rondônia)

Ala-pivôs
Gustavo Alves Guimarães – Campineiro-SP (São Paulo)
Murilo Fontoura Gonzaga – Paulistano-SP (Minas Gerais)
Wictor Hugo da Silva Costa – Pinheiros-SP (Santa Catarina)

Pivôs
Jonatha de Lima Damasceno – Campineiro-SP (Rio Grande do Norte)
Kauan Nascimento Raymundo – São Paulo-SP (São Paulo)
Vitor Hugo Farias Cardoso – Franca-SP (Santa Catarina)

Comissão técnica

Diretor-técnico: Diego Jeleilate
Administradores: Bruno Valentin e Ricardo Carvalho
Técnico: André Barbosa
Supervisora/Assistente-técnica: Thelma Tavernari
Assistente-técnico: Carlos Antônio da Silva Oliveira
Preparador físico: Felipe de Souza Tinoco
Médico: Vitor Francisco Mello
Fisioterapeuta: Bianca Yuri Sakai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *