Minas e São Paulo se enfrentam por título inédito do Super 8

São Paulo, do ala Marquinhos, e Minas, do ala-armador Gui Santos, fazem a final do Super 8 em BH (Foto: Rubens Chiri/São Paulo)
São Paulo, do ala Marquinhos, e Minas, do ala-armador Gui Santos, fazem a final do Super 8 em BH (Foto: Rubens Chiri/São Paulo)
O sábado é de final na elite do basquete brasileiro. Às 16h10, na Arena Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte, o Minas recebe o São Paulo pelo jogo único da final da Copa Super 8, torneio disputado entre os oito melhores times do primeiro turno da fase classificatória do NBB.
O torneio, disputado desde o fim do primeiro turno do NBB, em 15 de janeiro deste ano, dá ao campeão vaga na Champions League Américas (principal campeonato interclubes da América Latina) da próxima temporada. O Minas passou por Unifacisa, em casa, e Flamengo, enquanto o São Paulo bateu Bauru e Caxias do Sul, ambos em domínios tricolores.
Os mandos de quadra na Copa Super 8, campeonato mata-mata em jogo único, são definidos pela posição das equipes no NBB. O Minas é o terceiro colocado do torneio, enquanto o São Paulo é o quarto, motivo pelo qual a final será disputada em BH.
Ala-armador do Minas, Gui Santos exalta a força do São Paulo, mas lembra que a equipe minas-tenista passou pelo Flamengo, atual campeão do Super 8 e vice-líder do NBB, para chegar à decisão.
[FOTO2]”São duas equipes fortes, com muito volume e jogo consistente, que chegam por méritos à final. Estamos vindo de um grande resultado, vencemos uma equipe de enorme força ofensiva como o Flamengo e temos que manter essa postura contra o São Paulo. Precisamos manter a paciência, jogar com inteligência, numa final as forças tendem a se equilibrar e qualquer erro custa caro”, disse.
Técnico do São Paulo, Bruno Mortari sabe da dificuldade de enfrentar o Minas fora de casa, mas garante que o Tricolor está preparado. Bruno era assistente técnico e assumiu a equipe em meio à temporada, pouco antes do início do NBB, quando substituiu Claudio Mortari, que pediu demissão por motivos pessoais.
“Eu acho que vai ser uma partida muito parelha. Eles vão estar na casa deles, é uma equipe muito forte, mas nosso time está bem preparado para disputar a final. A gente vai tentar fazer história e conquistar o Super 8”, diz Bruno Mortari. A Arena Minas terá capacidade para 3.300 torcedores na final.
[FOTO3]A COVID-19 acompanhou as equipes durante todo o torneio e motivou desfalques em quase todos os jogos. A final deste sábado poderia ser adiada somente se quatro ou mais atletas de alguma das equipes testarem positivo – os testes acontecem no dia da partida.
Minas e São Paulo, que já conquistou o Campeonato Paulista nesta temporada, já se enfrentaram uma vez neste ano de disputas. Em 4 de janeiro, no Morumbi, pela 11ª semana da fase classificatória do NBB, o Tricolor venceu por 91 a 87.

Final histórica

Esta será a primeira vez na história que o basquete do Minas vai para uma final nacional, mas a quarta que um clube mineiro chega à final neste patamar. Apenas uma vez, em 2004, conquistou-se um título, com o extinto Uberlândia, em 2004, quando foi campeão do Campeonato Nacional de Basquete.
As duas outras vezes foram também com o time da cidade do Triângulo Mineiro, que foi vice-campeão em 2003 – perdeu o título para o Ribeirão Preto, com 3 a 1 na série melhor de cinco -, e em 2012/2013, no NBB – o campeão foi o Flamengo, que venceu o jogo único, por 77 a 70. O Uberlândia teve ainda dois terceiros lugares: em 2000 e 2007, em Nacionais.
Já o Minas luta desde que a Taça Brasil foi disputada pela primeira vez, em 1965. Foi terceiro duas vezes, em 1966 e 1971, além de um quarto lugar, em 1972. Outra equipe mineira que estava numa semifinal da Taça Brasil foi o Ginástico, quarto colocado em 1980. No Super 8, que está em sua quarta edição, o Minas foi quarto colocado em 2019/2020 e terceiro em 2020/2021.
No Campeonato Nacional de Basquete, o Minas foi terceiro colocado duas vezes, em 2003 e 2008. No NBB, ficou em quarto nas temporadas 2009/2010 e 2020/2021.
Já o São Paulo disputa sua quarta final nacional desde que o atual projeto do basquete está em vigor, em 2018. Em todas as outras (Liga Ouro 2019/2020, e Super 9 e NBB 2020/2021), o clube não conseguiu conquistar o título.

Minas x São Paulo

Minas

Alexey Borges, Gui Santos, Shaquille Johnson Sr., Renan Lenz e Maique; Facundo Corvalán, João Prado, Danilo Gomes, Gui Santos, Samuel Ribeiro, Felipe Queirós, Tiago Dias, Daniel Duque, Tavario Miller e Augusto Alcassa. Técnico: Leo Costa.
São Paulo
Elinho Corazza, Shamell Stallworth, Marquinhos, Tyrone Curnell e Bruno Caboclo; Henrique Coelho, Corderro Bennett, Vitinho, Igor Andrade, Isaac e Lupa. Técnico: Bruno Mortari.
Motivo: final única da Copa Super 8
Local: Arena Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte (MG)
Data e horário: sábado, 22 de janeiro de 2022, às 16h10
Arbitragem: Marcos Fornies Benito (Internacional-SP), Marcos Antônio de Matos Ferreira (Internacional-SP) e Fabiano Huber (Internacional-GO). Operador Instant Replay: Rodrigo Alves Nogueira.
Transmissão: TV Cultura e ESPN