Final do NBB entre Franca e Flamengo é prêmio aos dois melhores times do campeonato

Franca e Flamengo vão decidir o NBB a partir de sábado (Foto: Marcos Limonti/Franca)
Franca e Flamengo vão decidir o NBB a partir de sábado (Foto: Marcos Limonti/Franca)

Começam no sábado as finais do Novo Basquete Brasil (NBB), o principal torneio de basquete brasileiro. Franca e Flamengo, dois dos clubes mais tradicionais quanto à bola laranja, disputam o título de melhor time do país.

E a decisão é um prêmio às duas melhores equipes no torneio. O Franca liderou a temporada regular com 29 vitórias e somente três derrotas, enquanto o Flamengo foi vice-líder com 26 triunfos e seis reveses.

Nos playoffs, ambos também mostraram força. O Franca venceu a série de quartas de final sobre o Pinheiros por 3 a 0 e a semifinal por 3 a 1 sobre o São Paulo. Já o Fla passou com duas varridas por 3 a 0, sobre Paulistano e Minas.

Aguardemos o duelo do time montado para ganhar o NBB, o Franca, contra a equipe mais vencedora do basquete brasileiro e comandada pelo técnico da seleção, o Flamengo. A bola sobe às 14h no Pedrocão, em Franca, no interior de São Paulo, para o jogo 1 – série decidida em melhor de cinco.

Minas e São Paulo

Os quatro times das semifinais do NBB tinham condições de chegarem ao título do torneio. Contudo, os dois finalistas foram os mais regulares no torneio.

O Minas teve boa temporada, também com título da Copa Super 8 e terceiro lugar na Champions League. Pela conquista nacional, o time se garantiu na próxima Champions.

Já ao São Paulo fica um gosto amargo e, no meu ponto, com uma pitada de injustiça. Campeão paulista e da Champions e vice da Super 8, o time encerra a temporada com um erro de arbitragem no fim do jogo 4 contra Franca e, fora das finais, não disputará a Champions do próximo ano a princípio.

Isso porque as vagas brasileiras ao principal torneio continental da América Latina são reservadas ao campeão da Super 8 e aos finalistas do NBB. Resta aguardar uma ação de Consubasquet/FIBA quanto à disponibilidade da vaga ao atual campeão, para que defenda o título.